domingo, 30 de janeiro de 2011

Amigo menino

Menino da cidade de pedra
Alma de criança
Que também tem.
Menino-homem-assustado
Detrás das cortinas,
Alegre, simpático.

Em seu cenário,
Lindos olhos,
Mãos pequenas
A pedir colo.

Homem precoce
Que se embala em sonhos
E os transforma
Em realidade crua:
Muita sede em fonte seca.

Música, marionete,
Matemática:
Sistema indeterminado
Variáveis emotivas
Pai, filho, espírito saltimbanco.

Foto by Smelik en


segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Cancelamento!

Despertou meus pensamentos
A presunção de quem
Acredita que é preciso
Conhecer
Para que algo exista.

Desde minha casa idílica
Até a fé que move montanhas
Não é necessário conhecer!

Deixe meu pedido,
A santinha
Não conhecerá meu castelo:
Seria enviada ao limbo?

Desfeito também o convite:
Se não crê, não vê
E não lhe concedo a honra.
Subi a ponte levadiça, fechei
Os portões
- Nem santa, nem santeira!

Foto by Ellen