domingo, 9 de junho de 2013

Rendas, restos



A rendeira brinca
com fios, filhos
Sua rede traz peixes
Sua renda adorna
Bustos, mesas, janelas
Casas e seres

A remendeira encaixa

Fatos, fracos, frascos,
 Peças, ordenação fractal
Patchwork de seres
Vidas recomeçadas.

Não há colcha que a cubra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário