sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Sou, vejo

Quando vejo o espelho
Vejo se passar uma cena...
Paro.
Congelo a cena.

Há uma projeção de muitos espelhos
Há uma mistura de muitas culturas
Há a unificação de contradições
Em um único ser
Há o resumo de séculos de segundos
Num único instante em que me olho.


Um comentário:

  1. Ser... ver...

    Existencialismo... as vivências tendem a somar e as indagações por vezes despertam poesia!...
    Sempre lida ;)
    Abraços!

    ResponderExcluir